"A amizade vem de Deus e a Deus deve levar..."




   Em João 15. 12-15 Jesus nos fala da verdadeira amizade. Jesus Cristo testemunha que, para ser amigo, basta amar.
       A coisa mais importante para quem quer ser amigo de verdade é amar ao outro como a si mesmo. Amar significa ter respeito, carinho, educação e gerar liberdade. Amar é promover a convivência fraterna.
       Aprendemos de Jesus que a pessoa verdadeiramente amiga é a que cuida da pessoa amiga como se cuidasse de si mesma. Amizade verdadeira existe quando se respeita a intimidade da outra não fazendo fofocas, nem criando intrigas, mas sim cuidando do bem-estar mútuo.
       Jesus foi ao extremo nessa ideia da amizade verdadeira. Nós não éramos amigos dele. Não éramos mesmo, pois foram os nossos pecados que o levaram para a cruz. Mas Jesus, mesmo sabendo que nós éramos inimigos de Deus, venceu esta inimizade e deu-nos a maior prova de amizade possível. Jesus enfrentou a morte extrema em favor de cada um de nós e mostrou que devemos ser verdadeiros amigos e amigas. Jesus nos ensina que pelas amizades verdadeiras devemos afincar toda a nossa confiança, assim como Ele fez e sempre faz conosco. Esta é a amizade que vem de Deus!
       Somo amigos de Jesus não por nossos méritos, por sermos bons ou fieis. Somos amigos de Jesus, uma vez que Ele se tornou nosso grande amigo, nos salvando da morte e do pecado. Agora, para haver uma verdadeira amizade, não basta que, de duas pessoas, somente uma queira viver a amizade. Para que duas pessoas sejam amigas é preciso que ambas queiram isto. Esta é a amizade que leva a Deus!
       Jesus nos explica como podemos fazer isso. Ele diz: “Vocês são meus amigos se fazem o que eu mando.” E, o que Jesus nos manda fazer? Jesus manda que nos amemos uns aos outros assim como ele nos ama. E sabe por que o nosso amigo Jesus manda que, de verdade, nos amemos? Porque não é possível ser amigo de Deus sendo inimigos uns dos outros aqui na terra. Para ter comunhão com Deus é preciso ter comunhão entre nós. Do contrário, nossa fé e nossas palavras não valem de nada. Apenas quando obedecemos ao mandamento de amar e respeitar é que podemos continuar sendo amigos de Jesus.

Ninguém tem amor maior do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Jo 15. 13
PPHM Marcelo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIA PAROQUIAL DAS CRIANÇAS NA COMUNIDADE PRESIDENTE KENNEDY - VERÊ

IV Dia Sinodal da Igreja do Sínodo Rio Paraná

CONTAGEM REGRESSIVA PARA OS 500 ANOS DA REFORMA LUTERANA