O que te inspira?

A vida nos ensina lições a cada dia. A vida nos transforma a cada lição ensinada. A nossa tarefa na vida é compreender as lições e aprender por intermédio delas. Quem sabe o maior erro que cometamos não seja o de não aprender como “dizem” que deveríamos. Quem sabe o maior erro que cometamos seja “não aprender”.
        Estamos rodeados de oportunidades. Estamos ladeados por trilhos a seguir. As oportunidades e os trilhos são as lições. O erro consiste no ato de ignorar as oportunidades, os trilhos e as lições. A ignorância é o pior dos erros. Quem ignora não só não aprende, bem como não vive. E viver é um ato constante de aprendizado.
        Para aprender é necessário motivação. Para aprender é essencial ter vontade. Para aprender é imprescindível “inspirar”. Sem inspiração não há vontade. Sem inspiração não há motivação. Sem inspiração não há criação e não há vida.
        É preciso perguntar-se: o que me inspira? A resposta não é “única”. Inspirar-se é complexo. Mas, inspirar deve ser simples. O que me inspira?
        A partir do momento no qual se aprende a perceber a sutileza existente em cada ação. A partir deste “movimento motivador” o trilho se abre. Quando se respeita a correnteza da vontade, do desejo e do impulso da vida, então se inspira verdadeiramente.
        Inspirar-se é descobrir o que gosta de fazer. Inspirar-se é “redescobrir” o que sempre gostou de fazer, mas que às vezes esqueceu ou, quem sabe, fingiu esquecer por buscar caminhos nem sempre tão inspiradores.
        Inspirar! Inspirar é o primeiro ato de todo ser que vive. Sem inspiração na há vida. Sem inspiração não há existência. O Criador, ao conceder os dons, primeiramente doou a “inspiração”, o sopro de vida, o alento. O hálito de Deus foi expirado sobre a criatura, para que inspirasse e... Vivesse!
        É necessário inspirar. É preciso inspirar. A vida só é vivida quando há inspiração. Inspirar é imprescindível. Quem quer realizar seus sonhos precisa inspirar. Quem quer alcançar seus objetivos precisa inspiração. Quem quer cumprir sua missão carece de inspiração.
        Inspirar... Inspirar... Inspirar? Não! Inspirar, expirar, inspirar, para depois expirar e novamente inspirar.
        Inspirar é a primeira ação de qualquer pessoa ao conhecer a vida. A ação consequente é “expirar”. Aquele hálito recebido deve ser devolvido. Isso é gratidão. A vida só tem sentido quando inspiramos a partir de Deus, e a vida só tem razão quando expiramos com Deus.
        Recebemos e buscamos inspiração para viver. Devolvemos e partilhamos com o sopro da expiração.
        O que te inspira? O que te motiva? O que te impulsiona para a vida?
        Viver é um constante ato de aprender. Aprenda isto: não se prive de inspirar os dons vem de Deus. Não prive a vida da inspiração que vem de Deus. Aquilo que inspiras, sopre sobre a vida. Viva e partilhe seus dons.
        Justamente quando pensar que não há mais o que sentir, sinta o sopro do alento de Deus. Inspire a vida que Ele te deu. Inspire-se em Deus e promova a inspiração...
                                                                                  
 PPHM Marcelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário